Início Arquivo

Via Verde para o futuro

No mês que marca o início da Primavera, o Jornal Têxtil apresenta-lhe uma edição dedicada às vertentes ecológicas e éticas na indústria têxtil e de vestuário. Fique a conhecer as vantagens e os números que ditam o crescimento desta tendência, além do investimento feito por diversas empresas portuguesas, como a Coelima, a Lasa e a Naturapura, que ostentam o Rótulo Ecológico Europeu. A ITV portuguesa é igualmente sinónimo de inovação, como mostra o mais recente fato 100% lã para lavar no duche da Paulo de Oliveira. Além disso, as empresas portuguesas continuam a investir no futuro, com a Dielmar a comprar a licença Antonio Miró, a Dilina Têxteis a manter a aposta na qualidade e a JPBM a lançar a marca Cotton Park. A Muns Py, nas passamanarias, e a Raith, em vestuário de bebé, confirmam a tendência vigorosa da indústria nacional, que é ainda, segundo um estudo da Werner International, uma das mais competitivas da Europa. Numa época rica em feiras e eventos, conheça em pormenor a participação das empresas portuguesas em diversos eventos internacionais – como a Première Vision Pluriel, a Ambiente, a Ispo, a Simm, a Pitti Bimbo e a Milano Unica –, para além dos destaques na grande festa da ITV nacional que foi a 33.ª edição do Modtissimo. Na entrevista deste mês, saiba também como se constrói o sucesso de uma empresa que está a dar cartas na moda e nos têxteis técnicos a nível nacional e internacional: Alexandra Aráujo, administradora da LMA, revelou as novidades, as apostas e os ingredientes certos para uma receita de inovação e vontade que permitiu, inclusive, que a empresa “vestisse” as hospedeiras das diferentes edições da Première Vision. Quem também conhece o sucesso de perto é Felipe O. Baptista, que desfilou, uma vez mais, na Semana de Moda de Alta-Costura de Paris, e Diogo Miranda, que acaba de lançar a colecção High Performance. De “alta performance” são igualmente algumas das mais recentes inovações no sector, como a aplicação de fibras ópticas na área da saúde, o vestuário com algas que protege dos raios ultravioletas, novas fibras para têxteis técnicos, mas também os desenvolvimentos tecnológicos, que permitem acompanhar a “par e passo” as tendências de consumo ou incorporar o sentido do tacto nas aplicações digitais. Com a chegada da Primavera chegam também novas campanhas de comunicação, que apostam cada vez mais em valores seguros, como Madonna ou as top models dos anos 90, como Claudia Schiffer ou Linda Evangelista. Dolce&Gabbana volta a criar polémica com a sua mais recente campanha e a Reca junta o útil ao agradável, com uma publicidade protagonizada pelo basquetebolista Dennis Rodman, onde valoriza a marca, ao mesmo tempo que procura contribuir para a luta contra a Sida. De gigantes foi igualmente o encontro da Salsa e da Throttleman na Bread&Butter de Barcelona, e a lista elaborada pela Interbrand, onde a Louis Vuitton voltou a não dar hipótese às rivais. Também H&M continua a investir no seu crescimento e na sua vertente humanitária, desta vez com a criação de uma mala rosa que apoia a Laço, assim como a rival Zara, que investe agora em território indiano. De Vigo vem o exemplo de que “a união faz a força”, com a nova cidade têxtil, uma ideia também presente no balanço do projecto de internacionalização “Estratégia para o Mercado Global 2008” da Anivec-Apiv. Com a chegada da Primavera, não perca a possibilidade de conhecer por dentro, com a ajuda do Jornal Têxtil, a ITV nacional e internacional. Se ainda não é assinante, aproveite esta fase de renovação e de “vida nova” e assine já (clique aqui).