Início Notícias Têxtil

Viagem agendada para Marrocos

Nos dias 26 e 27 de outubro, a 15.ª edição da Maroc in Mode e a 14.ª edição da Maroc Sourcing vão revelar os mais recentes desenvolvimentos sa indústria têxtil e de vestuário para o mercado marroquino. A portuguesa Cotex já tem voo marcado para Marraquexe.

O mote da edição é “Fashion and Fast” e estão já confirmados 175 expositores no Circuito Internacional Moulay El Hassan, em Marraquexe, onde decorrerão os salões simultâneos.

Pela primeira vez, vão participar cerca de 20 empresas marroquinas do sector de couro e calçado e a organização antecipa a visita de 1.500 profissionais da Europa, África e Américas.

A 15.ª edição da Maroc in Mode e a 14.ª edição da Maroc Sourcing serão divididas em ecossistemas como:

  1. Moda rápida
  2. Denim
  3. Tricotagen
  4. Desporto/Lazer
  5. Marcas marroquinas
  6. Couro e calçado

«Com um crescimento das exportações na ordem dos 10% em 2016, Marrocos não é apenas uma exceção económica na região Euromed, como também apoia ativamente ecossistemas específicos. Esses ecossistemas são uma força motriz para a produção moderna, o design e o cumprimento das normas internacionais», sublinha a organização em comunicado.

Cotex representa Portugal

A maioria dos expositores será marroquina, mas os salões simultâneos vão contar com expositores internacionais da Turquia, Tunísia, China, Bélgica, Alemanha, Espanha, França, Egito e Portugal – que estará representado pela produtora de rendas Cotex (ver Cotex põe 2017 a render).

Para a empresa familiar que conta atualmente com 160 referências de rendas, o mercado marroquino tem ganho pontos, com a Cotex a assumir na edição de 2016 que a Maroc in Mode é uma aposta ganha.

«É uma feira com pouca gente mas contactos interessantes. As pessoas já nos procuram. O nome Cotex começa a estar presente em Marrocos», destacou à data o administrador Nélson Cruz, em declarações ao Portugal Têxtil. «Este é um mercado em que aposto, é um mercado muito interessante para Portugal», acrescentou.

Na última edição do salão estiveram presentes 115 expositores e cerca de 1.500 compradores, com o denim em destaque.

Karim Tazi, presidente da Amith – a entidade responsável pelo salão –, reconheceu então que «o objetivo da Amith é ter uma oferta mais forte e trazer mais compradores à Maroc in Mode. Marrocos é o único país da região com condições para receber expositores».