Início Notícias Moda

Virgil Abloh casa luxo e diversidade na LVMH

Luxo e diversidade: o casamento perfeito entre Virgil Abloh e a Louis Vuitton Moët Hennessy, que ofereceu ao designer uma maior participação no conglomerado de luxo francês com a aquisição de 60% da Off-White, a marca criada pelo designer norte-americano.

Virgil Abloh [©Instagram/@virgilabloh]

Proprietária de marcas como a Louis Vuitton, Fendi e Givenchy, a LVMH soma agora mais uma marca ao seu império de luxo. A Off-White é a nova aposta do grupo francês, que comprou 60% da marca de streetwear.

Deste modo, Virgil Abloh vai ocupar um papel de maior destaque no conglomerado francês. Para o designer norte-americano, a LVMH vai ajudar a converter a Off-White numa «marca de luxo verdadeiramente multilinha», enquanto o seu contributo para o grupo de luxo passa por promover a diversidade na indústria da moda

Em março de 2018, Abloh começou a exercer funções no grupo como diretor criativo de vestuário masculino da Louis Vuitton, além do trabalho da própria marca e, anos depois, já com quatro décadas de vida, o criador de moda, que é ainda DJ e artista visual, assumirá novas funções na LVMH, que podem mesmo fazer parte de outros sectores para além da moda, revela a empresa citada pela Reuters.

Off-White [©Instagram/@virgilabloh]
A fusão entre o streetwear e a moda de alta-costura, que combina ténis e calças camufladas com fatos por medida e vestidos de noite, fazem parte do objetivo da LVMH – pertencente ao empresário mais rico de França, Bernard Arnault, de 72 anos – de atrair consumidores mais jovens que se enquadram mais nas influências urbanas e de hip hop de Virgil Abloh,

Esta nova aquisição do império de luxo demonstra o interesse renovado da LVMH em lançar novas marcas, mesmo depois de deixar o empreendimento com a marca Fenty da cantora Rihanna em espera desde fevereiro último

O designer norte-americano, cuja arte se baseia em mensagens de inclusão e igualdade de género, tem vindo a aumentar a popularidade da Louis Vuitton ao abordar temas como a identidade racial na passerelle. Com uma maior participação no grupo, Virgil Abloh pretende alargar a diversidade na moda.

Louis Vuitton [©Instagram/@virgilabloh]
De igual modo, e como forma de chegar aos consumidores asiáticos, dado todo o contexto de pandemia, o designer apresentou, no verão passado, a coleção de fatos coloridos e propostas utilitárias em Xangai, na China, quando dezenas de marcas optaram por cancelar os desfiles. Mais recentemente, Abloh desenhou o vestuário do presidente do júri no festival de cinema de Cannes, o cineasta Spike Lee.

Também com formação em engenharia e arquitetura, Virgil Abloh colaborou com a Rimowa numa linha de malas transparentes e ainda nas garrafas da Moët & Chandon, marcas integrantes do conglomerado francês. O designer firmou igualmente outras parcerias com marcas populares como a Nike e a Ikea.