Início Notícias Tendências

Viva Magenta é a cor de 2023

O Pantone Color Institute já anunciou a cor do próximo ano. Viva Magenta traz a força e energia dos tons de vermelho para o quotidiano, podendo ser usada como apontamento ou como uma afirmação ousada de moda. Embora a inspiração seja o mundo natural, há um “Magentaverso” para descobrir em Miami.

[©Pantone]

Depois do Very Peri, é agora a vez do Viva Magenta (Pantone 18-1750) ter o seu momento de glória na moda, na decoração e até na tecnologia, como ilustra a parceria da Pantone com a Motorola.

Esta tonalidade foi escolhida como Cor do Ano pelo Pantone Color Institute, que destaca a sua força e energia. «É uma cor enraizada na natureza, descende da família dos tons vermelhos e tem mostrado um novo vigor. Viva Magenta é corajosa e destemida, uma cor pulsante, cuja exuberância impulsiona a celebração, alegria e otimismo, escrevendo assim uma nova narrativa», descreve a Pantone.

Viva Magenta é poderoso e empoderador, considera o instituto, acrescentando que «é um novo vermelho animado que vive de pura alegria, encorajando a experiência e a auto-expressão sem restrições, uma tonalidade eletrificante e sem barreiras», que acolhe tudo e todos com a mesma vontade de viver. «É uma cor audaciosa, cheia de vida e inclusiva», resume a Pantone.

[©Pantone]
«Nesta era de tecnologia, procuramos inspirar-nos na natureza e naquilo que é real. O Pantone 18-1750 Viva Magenta descende da família dos vermelhos e foi inspirado no vermelho da cochonilha, um dos corantes mais preciosos da família dos corantes naturais, assim como um dos mais fortes e brilhantes conhecidos do mundo», explica Leatrice Eiseman, diretora-executiva do Pantone Color Institute. «Enraizado no que é primordial, o Pantone 18-1750 Viva Magenta reconecta-nos à matéria original. Invocando as forças da natureza, o Pantone 18-1750 Viva Magenta galvaniza o nosso espírito, ajudando-nos a construir a nossa força interior», garante.

Do mundo para a Pantone, da Pantone para o mundo

A crescente atenção à natureza, que se espelha nas tendências de lifestyle atuais, foram um dos critérios que a Pantone levou em conta para esta escolha. «Estamos a incorporar mais coisas vivas nas nossas casas, como plantas, flores, paredes vivas e espaços no exterior. Estamos a encontrar uma alegria renovada em viagens, desportos e passatempos ao ar livre depois de termos feito uma pausa durante a pandemia», aponta o instituto.

A cor pode ser usada como afirmação de moda ou num apontamento, podendo ser conjugada com cinzentos claros, azuis e tons pastel. Numa versão mais monocromática, pode ser utilizada com outros rosas.

Na casa e design de interiores, a Pantone refere que o Viva Magenta pode ser aplicado num sofá em veludo ou numa parede lacada e, tal como na moda, em apontamentos como um arranjo floral ou uma tela abstrata.

[©Artechouse]
Para quem quer conhecer e mergulhar na cor do ano, a Pantone e a Artechouse criaram uma exposição imersiva, batizada Magentaverse, que pode ser visitada até 28 de fevereiro de 2023 em Miami, EUA. «Esta experiência imersiva deixa-o explorar o virtual dentro do reino físico para examinar as ligações entre a natureza e a tecnologia», indica a Artechouse. «Embarque numa exploração artística e sinta o poder da cor à medida que atravessa várias salas imersivas com texturas e interações que mostram o Viva Magente em todas as suas formas», conclui.