Início Arquivo

Wal-Mart aposta na moda jovem

A Wal-Mart apresentou no passado dia 19 de Julho a sua nova colecção de moda direccionada ao público juvenil e adolescente. A apresentação decorreu em São Francisco no “Fashion On The Square”, onde a empresa foi o único retalhista a apresentar-se naquele que é considerado por muitos como o maior desfile outdoor da Costa Oeste dos Estados Unidos. Apesar da comunicação à volta deste evento, a Wal-Mart fez questão em não gerar demasiadas expectativas sobre a sua aparição. Apesar destas “cautelas”, o gigante do retalho mundial apresentou neste desfile as suas novas colecções resultantes das parcerias com o Jones Apparel Group (através da marca l.e.i.) e com o Iconix Brand Group (através da marca OP – Ocean Pacific). Meninas em jeans e t-shirts com laços cor-de-rosa no cabelo desfilaram pela passerelle. A imagem de Hannah Montana, a popular personagem da Disney que é uma estudante de dia e uma pop star à noite, estava estampada em muitas t-shirts, quer em rosa brilhante, quer em fuscia claro ou adornada com imagens de guitarras em prateado e dourado. Os rapazes desfilaram em caquis e azuis ou com t-shirts claras da Op em cores inspiradas no pôr-do-sol. Esta aparição em São Francisco com a linha de jeanswear juvenil da l.e.i. e com a marca californiana de vestuÁrio de surf Op pautou-se pela discrição. Apesar destas duas marcas se situarem no segmento casual, familiar ao cliente típico da Wal-Mart, o gigante do retalho estÁ a dar passos discretos e cautelosos no seu lançamento. Esta postura da Wal-Mart contrasta com a última tentativa de incursão do retalhista no mundo da moda, quando se apresentou no recinto nova-iorquino de Times Square, a poucos quarteirões do maior evento de moda americano, a New York Fashion Week. Na mesma altura, a Wal-Mart assinou um acordo com a Vogue americana para a publicação de um suplemento de 116 pÁginas com as suas colecções. A grande aposta então feita com a pretensão de posicionar a Wal-Mart como um retalhista de moda no segmento alto falhou redondamente. Os clientes usuais da cadeia americana associavam os seus espaços a artigos de vestuÁrio acessíveis e a ofertas bÁsicas, não tendo aderido ao novo posicionamento que se pretendia construir. Desta vez a Wal-Mart quer ser mais cuidadosa e dar pequenos passos de cada vez, não se desviando muito do actual público-alvo. Uma porta-voz presente no evento realçou esse facto, sublinhando que o vestuÁrio na passerelle tem um bom preço e um bom estilo para o regresso às aulas dos jovens».