Início Arquivo

Warnaco aposta no mercado externo

Com as vendas internacionais responsáveis por quase dois terços do total das receitas do grupo Warnaco, a empresa norte-americana está focalizada no crescimento internacional de marcas como Calvin Klein, enquanto o mercado norte-americano continua a ser prejudicado pela recessão. Falando aos analistas, o presidente e director-executivo Joe Gromek afirmou que «o comércio internacional é a fonte geradora de renda e aí somos altamente rentáveis». Esta afirmação é corroborada pelos números mais recentes que mostram o crescimento das receitas em quase todas as regiões e que ajudaram a levantar em 6% as vendas internacionais no terceiro trimestre, o que auxiliou a compensar a diminuição de 10% na procura interna. A expansão nos negócios da Calvin Klein, em particular na Europa, China e América Central e do Sul, foi particularmente positiva, ajudando a elevar as receitas da marca em 2% no trimestre. A Warnaco, que detém ou licencia as marcas Calvin Klein, Speedo e Olga, também salientou as suas operações directas ao consumidor como um motivo de optimismo. As receitas do retalho aumentaram 10% no trimestre, segundo Gromek, e são agora responsáveis por 23% do volume de negócios total da empresa. «Abrimos 40 novos pontos de distribuição e encerramos o trimestre com um pouco mais de 1.040 lojas. Para o ano, continuamos no bom caminho para crescer a área em mais de 20% ou mais de 120.000 pés quadrados», explicou. Deste crescimento em área comercial, 40% será na Europa, 40% na ásia e 20% na América Latina. Existem também grandes esperanças para a marca de sportswear masculino Chaps, que «vai ser uma fonte geradora de receitas para a Warnaco, e isso é uma mudança real», enfatizou o presidente da empresa. Embora as vendas da marca tenham caído 5 milhões de dólares no trimestre, «as entregas de novos produtos de Outono estão a conseguir vender melhor do que o esperado em todos os canais de distribuição, especialmente nas categorias de tecido e malha», revelou Frank Tworecke, presidente da Warnaco Sportswear Group. «Acabamos de concluir o nosso mercado de Primavera para a marca Chaps e estamos muito animados com a resposta positiva dos nossos clientes para a nova linha. As reservas para as nossas contas existentes estão a aumentar ano a ano e estamos a adicionar mais de 300 novas portas à nossa base de distribuição para 2010», acrescentou o responsável. De forma mais significativa, a marca está a ser reintroduzida em todas as lojas Carson e Bon-Ton e vai continuar a ser expandida na Kohl’s. Estas são notícias bem-vindas para uma empresa que ainda tem alguns desafios, como nos seus negócios de vestuário íntimo, onde as vendas nos EUA caíram 11% no terceiro trimestre, resultado das lojas de departamento norte-americanas diminuírem as encomendas e o inventário. Mesmo assim, a Warnaco aumentou a sua previsão anual, depois do lucro no terceiro trimestre subir 12% para os 29,7 milhões de dólares, afirmando ter iniciado em força o quarto trimestre.