Início Arquivo

Who’s Next em português

A feira de moda e pronto-a-vestir Who’s Next, que se realiza de 6 a 9 de julho, antecipa receber cerca de 2.000 expositores e mais de 55 mil visitantes, em busca das mais recentes tendências para a primavera-verão 2014. Para além da apresentação de jovens criadores e outros mais consagrados, acessórios e marroquinaria, a feira promete voltar a animar a Porte de Versailles com conferências e desfiles, sem esquecer a animação exterior que já se tornou uma imagem de marca da Who’s Next. De Portugal estão presentes 10 expositores sob a égide da Associação Selectiva Moda, com uma oferta que contempla moda de autor, jeanswear, vestuário para homem e senhora e acessórios. Entre estes está, pela terceira vez, Luís Buchinho, otimista em relação à possibilidade de novos negócios. «As nossas expectativas são extremamente elevadas. É uma feira com um grande potencial de negócios e com uma diversidade de mercados que nos interessa muito, sobretudo para a promoção de mercados como americano, asiático e árabe», revela o criador. Buchinho terá ainda a companhia das criadoras Elisabeth Teixeira, com as suas propostas românticas e femininas, e Juliana Cerdeira, que mostra as propostas sob a insígnia Miau Frou Frou. «É uma coleção inspirada na textura e nas cores que resultam da corrosão provocada pelas chuvas ácidas na floresta tropical», explica sobre a nova coleção. Com esta presença na Who’s Next, a criadora pretende explorar um novo posicionamento de mercado, «abandonando o conceito de venda na loja oficial da Miau Frou Frou e passando para lojas multimarcas de segmento alto», justifica. «Querermos dar a conhecer a nível internacional o nosso conceito próprio de moda», acrescenta. A moda de senhora “made in Portugal” está igualmente bem representada, com as marcas Ana Sousa, Kalisson, Bagoraz e Meam by Ricardo Preto. Esta última está em Paris pela quarta vez com uma coleção composta por sedas, algodões e Tencel, onde os estampados coloridos, que são já uma característica da marca, estão em evidência. «Queremos conquistar novos mercados, sobretudo mercados asiáticos e neste sentido esta feira tem sido um bom cartão de visita», revela Maria do Carmo Mendes, sócia-gerente da empresa MeamStyle, que detém a marca. Já a Blackspider está pela primeira vez na Who’s Next com propostas para homem e senhora. «Queremos expor a marca no mercado internacional», afirma Marco Costa, responsável financeiro. No jeanswear, estão presentes dois nomes de peso: Cheyenne e Tiffosi. «A nossa ida a Paris é sobretudo com o intuito de aumentar a notoriedade junto dos profissionais franceses e abertura de novos clientes. Com a alteração da data e da localização do Mr. Brown [uma das áreas da Who’s Next] em relação a junho do ano passado, esperamos aumentar significativamente o número de contactos internacionais», revela Rui Silva, wholesale manager da Tiffosi. «A estratégia passa, neste momento, por aumentar a participação do mercado internacional dentro da nossa faturação. O mercado francês é o nosso principal objetivo, pelo que esta feira ganha um grande destaque. A Who’s Next tem-nos permitido também estabelecer contactos a nível internacional com distribuidores, agentes e clientes, sendo por isso fundamental para a nossa estratégia de internacionalização», assume o responsável da marca de jeanswear, que irá apresentar «uma inovação em jeans absolutamente única no mercado», como anuncia Rui Silva, além de destacar «a nossa linha de jeans, nomeadamente as nossas lavagens e, principalmente, os fits especiais de mulher», acrescenta. Nos acessórios, é a love.bags a representante nacional, numa estreia com uma coleção de malas que incorpora o know-how artesanal português, incluindo artigos em pele, lã e linho produzidos por artesãos locais. «Reconhecida como uma das principais capitais da moda mundiais, Paris, e mais concretamente a feira Who’s Next, é um ponto de passagem fundamental para as empresas do sector, especialmente para as marcas de acessórios que encontram aqui um espaço incomparável em termos de dimensão, exposição e potencialidade de contactos», refere Cláudio Sousa, diretor de marketing da Espelho de Números e responsável pela participação da love.bags no certame parisiense. A Espelho de Números estará ainda, a título individual, a mostrar a marca I.LUS.TRA., especialista em écharpes e cachecóis, com uma coleção inspirada no Alto Douro Vinhateiro, Património Mundial da UNESCO. «É a terceira participação da marca no certame. O objetivo primordial reside no atual processo de solidificação da marca, reforçando a sua componente afetiva perante o mercado francês e europeu», conclui Cláudio Sousa.