Início Arquivo

www.lectra.com elege o cliente como Sua Majestade

O Jornal Têxtil, convidado pela Lectra Systèmes, fez parte de um grupo de jornalistas internacionais que se juntaram em Paris, na sede da empresa, onde foram apresentados não só os mais recentes projectos, como também, os planos para o século XXI. Durante estes dias os jornalistas aproveitaram para visitar empresas utilizadoras de sistemas Lectra, tais como a Weil, Zins e a Carlins.

A globalização dos mercados e as exigências da moda aceleram a renovação das colecções e aumentam a procura de produtos personalizados. Actualmente, mais do que nunca, as empresas devem capitalizar a sua imagem e as suas marcas, reforçar a sua presença comercial através de uma sólida rede de distribuição e reduzir os prazos de lançamento no mercado de novos modelos. A tecnologia torna-se cada vez mais indispensável.

A Lectra Systèmes, considerada como uma empresa líder nos mercados das novas tecnologias, teve no ano passado um volume de negócios de cerca de 200 milhões de Euros, dos quais 88% provenientes fora de França, e 92% em vendas directas.

A empresa, que actua em diversos mercados como o sector têxtil e vestuário, distribuição, mobiliário, calçado, sector aeronáutico e automobilístico, conta com 10.000 clientes em cerca de 100 países, 78 escritórios e 37 subsidiárias e pretende agora marcar presença nos países emergentes.

Com cerca de 70 milhões de Euros investidos em I&D nos últimos cinco anos, a Lectra Systèmes acelerou o seu crescimento através da criação de produtos como: FitNet (Mass Costumization) OMS (Product Data Management) e o Textile Digital Printing, que permitirão que a realidade virtual seja a chave do futuro.

«Actualmente, a Lectra Systèmes, revoluciona o mercado com um no-vo modelo de criação e de fabricação totalmente numérico, alargado a todo o sector têxtil. As nossas soluções permitem integrar o ciclo completo, desde a criação virtual de fios, tecidos e de modelos, até à comercialização virtual, passando pela gestão das colecções controladas por computador, pela impressão numérica sobre o tecido e a alteração de dados técnicos informáticos» afirma Daniel Harari, director-geral da Lectra Systèmes.

Com a expansão do simples CAD/CAM até às novas tecnologias para comércio electrónico, a Lectra Systèmes decidiu entrar na era da nova economia. Esta nova abordagem, baseada em soluções avançadas resultantes de centenas de horas investidas em investigação e desenvolvimento, irá permitir aos seus clientes desenhar, vender e produzir electronicamente.

Oferecendo soluções às empresas que lhes permite quer capitalizar as suas marcas, design e presença no mercado, quer aumentar radicalmente as suas vendas na Internet, a Lectra Systèmes entrou numa nova dimensão, baseada em três vertentes: e-design, e-manufacturing e e-sales. O e-design virtual tornou-se numa realidade concreta para os designers. O objectivo da utilização deste software é permitir a produção de modelos virtuais de tecidos (através da impressão digital), vestuário, calçado, etc. A sua vantagem permite criar, mostrar e testar novas ideias em tempo real, produzindo verdadeiras colecções que estão em sintonia com as expectativas dos mercados e do consumidor final.

O e-manufacturing, leva à optimização da produção permitindo aos fabricantes a integração de parâmetros básicos, encomendas e stocks, tendo em conta a utilização do CAM nas várias fases produtivas. As suas vantagens baseiam-se na fiabilidade e validade da informação que circula entre a empresa e os seus «outsources», de modo a minimizar erros na passagem de informação. A grande garantia da utilização deste tipo de sistema é que assegura aos produtores uma produção optimizada, com rigorosa fidelidade ao design e aos processos de produção no que respeita às restrições do «just-in-time».

O e-sales representa uma contribuição vital ás técnicas de venda na Internet. A combinação da venda tradicional com as vendas on-line é o verdadeiro desafio para a gestão das vendas electrónicas. Hoje em dia é mais do que necessário que as empresas por todo o mundo considerem a Internet uma ferramenta vital e um parceiro sempre presente no reforço da sua presença a nível mundial. Em pouco tempo as vendas electrónicas têm-se tornado numa mais valia comercial para a competitividade das empresas no mercado global. De modo a permitir a concretização deste trabalho por parte das empresas, a Lectra Systèmes apresentou dois sistemas: o Digital Printing (Impressão Digital), que permite ao designer e ao cliente uma maior liberdade de criação, personalização e resposta mais rápida; e o FitNet, ou “moda à la carte”, que permite ao cliente escolher de uma gama já existente de estilos ou criar o seu próprio design, através da impressão digital de tecidos, que corresponda exactamente às suas necessidades e gostos pessoais. A encomenda é lançada on-line em tempo real para o produtor e este, por sua vez, produz e corta automaticamente de acordo com as medidas do cliente.

Não satisfeita com as inovações lançadas para o mercado, a Lectra pretende criar ainda, até ao final do ano 2000, um portal que servirá de ligação entre o e-design, e-manufacturing e e-sales.

A Lectra Systèmes conta hoje já com inúmeros clientes a nível internacional desde os mais pequenos até às marcas mundialmente conhecidas, tanto a nível da ITV como da distribuição. Em Portugal contam com empresas como a Arco Têxteis, Flor do Campo, Jocamo, Motêxtil, Riopele, TMG – Tecidos, Têxteis Vizela, Diniz e Cruz, Impetus, entre outras.