Início Notícias Marcas

Yori, a multifunções

Escolha de celebridades para eventos de passadeira vermelha, a Yori é uma marca de vestuário feminino para ocasiões especiais – sejam elas um simples encontro de amigas ou uma imponente gala dos Globos de Ouro – que aposta na qualidade da indústria têxtil nacional.

«Yori significa confiança. É uma marca para mulheres dinâmicas, sofisticadas, elegantes e cosmopolitas», resume Sónia Soares ao Portugal Têxtil.

A fundadora da marca de vestuário de senhora, que depois de uma carreira dedicada ao turismo que a levou a conhecer o mundo (e nele beber inspiração) decidiu investir na criação de moda, assume diferentes funções dentro da Yori, que vão «do design à expedição das encomendas», aponta.

Alinhadas com a postura multifunções de Sónia Soares, também as peças da marca – mergulhadas em referências indianas, marroquinas, mexicanas, etc. – têm diferentes utilizações. «Tenho uma saia 4 em 1, um casaco que se transforma num vestido, entre outros», destaca Sónia Soares, que não deixa de referenciar uma das suas mais valiosas parcerias, a desde cedo firmada com a empresa têxtil 6 Dias. «Todos os nossos tecidos são da 6 Dias», afirma sobre a aliança estabelecida com a empresa familiar sediada na Trofa e a aposta feita em tecidos confortáveis, mas incapazes de comprometer a sofisticação da mulher. «Esta saia é impermeável, mas não deixa de ter um fitting perfeito», refere exemplificando com uma das peças multifunções da Yori.

Com atelier em Lisboa e loja online – alvo de renovação ainda em 2017 –, a Yori conta na sua lista de encomendas moradas na África do Sul, Angola, Qatar, Holanda, Inglaterra e Austrália, contactos que chegam «pelo passa a palavra» e de clientes que ali encontram não só as coleções da marca, mas também a possibilidade de aceder a peças por medida.

Já com quatro anos no mercado, a Yori tem vindo ainda a alargar o seu leque de oferta, apostando numa proposta look total, com calçado e acessórios que completam as peças de vestuário.

Sem abrandar o ritmo, a 25 de março a Yori vai juntar-se à designer Ana de Sá na organização de um desfile de moda no Museu Militar, em Lisboa, que irá convocar diferentes artes – da pintura ao jazz. «O desfile da Yori chama-se “A mulher e a cidade” e reúne todos os elementos com os quais a mulher cosmopolita interage», explica a fundadora. Em destaque na passerelle do dia 25 estará uma peça inspirada numa tela do artista Francisco Xicofran Fernandes, que motivou um tecido da 6 Dias e que, às mãos de Sónia Soares, se transformou num vestido.