Início Notícias Gerais

Zalando mais otimista

O maior retalhista online europeu ampliou a sua previsão de crescimento de vendas e lucros para 2015, depois da chegada antecipada do clima primaveril e da retração da política de descontos terem proporcionado um desempenho favorável no decorrer do primeiro trimestre.

A Zalando, que apresentou, no mês anterior, resultados preliminares que superam as expectativas inicialmente adiantadas, afirmou que espera agora aumentar as vendas anuais em mais de 20% a 25%, ultrapassando as previsões anteriores.

Em simultâneo, a retalhista de moda online ampliou a projeção referente à margem operacional ajustada, fixando-a em 4,5%, face à expectativa anterior de 3,7%, reportada em 2014.

A empresa berlinense fundada em 2008 reportou lucros, antes de juros e impostos, de 29 milhões de euros, em comparação com a perda de 23 milhões de euros assinalada no ano anterior.

As vendas aceleraram face ao trimestre anterior, aumentando 28,5% para 644 milhões de euros, com um crescimento superior ao esperado nos mercados alemão, austríaco e suíço, centrais à sua atividade.

Ruben Ritter, membro do conselho de administração da Zalando, adiantou que o aumento foi estimulado pelo clima primaveril antecipado e por uma retração da política de descontos aplicada face ao ano anterior, em resultado da agilidade crescente da empresa na resposta às tendências emergentes.

«No segundo trimestre, a dinâmica positiva continua», afirmou no decorrer de uma conferência, acrescentando que espera agora que o desempenho do período seja igualmente potenciado pelo lançamento iminente da venda de vestuário da cadeia americana Gap no site da Zalando.

A retalhista online, que atualmente expede 1.500 marcas para 15 países diferentes, antecipa um reforço da sua equipa, que se deverá fixar nos 10.000 colaboradores no final de 2015, face aos 8.000 atuais, contratando especialmente nos segmentos de tecnologia e logística.