Início Arquivo

Zegna e Ferragamo juntos

A empresa italiana de têxteis e vestuário, Ermenegildo Zegna S.p.A., e o grupo de artigos de luxo Ferragamo, anunciaram a constituição de uma “joint-venture”, ZeFer. A nova empresa vai ser responsável pelo desenvolvimento de acessórios e calçado em pele para a internacional Ermenegildo Zegna. A propriedade da empresa será eventualmente dividida entre a Ermenegildo Zegna Holditalia SpA e a Ferragamo Finanziaria SpA. A empresa autónoma vai incorporar o “know how”, a rede de produção e as logísticas do Ferragamo. Os seus produtos vão ser vendidos em áreas específicas em todas as lojas Zegna, assim como na maioria dos armazéns. A estreia das novas linhas de produtos está prevista para o Outono-Inverno de 2003. Ambas as empresas esperam um volume de negócios de 50 milhões de euros no primeiro ano. Sedeada em Trivero, a Zegna atingiu um volume de negócios consolidado de 685,7 milhões de euros em 2001. Os lucros antes de impostos quantificavam 61,3 milhões de euros. No final de 2001 Zegna tinha 390 lojas em todo o mundo. De acordo com a empresa o número das lojas próprias vai subir para 138 em 2002, com a abertura de 14 novas lojas (Venice, Portofino, Marbella, Porto, Zurique, Monterrey, Melbourne e sete na China). A Ferragamo, situada em Florença, encerrou o ano de 2001 com um volume de negócios de 650 milhões de euros em comparação com os 621 milhões de euros no ano anterior. Os produtos Ferragamo são vendidos através de uma rede de 400 lojas em todo o mundo, 153 das quais são directamente controladas pela empresa.